26 agosto 2012

Você deve primeiro investigar...

...for english version click 'Mais / More' 
"Você deve primeiro investigar e através da indagação você vai saber o que está acontecendo dentro. Assim, corajosamente, vá em frente. A Bênção (Deeksha) vai ajudá-lo a ir para dentro, a ver diversas coisas que você nunca imaginou antes. É isso o que todos os grandes fizeram. Seja um Buda ou um Cristo. Eles fizeram isso. Eles foram para dentro. Eles viram o que estava lá e disseram 'então que seja assim'. Quando você diz 'que assim seja', você fica livre. Tudo está aí, mas você está livre." (Sri Bhagavam, Conference Call Los Angeles - Orange Counties, 24.11.2009)

12 agosto 2012

O seu coração e o coração da Terra estão conectados

...for english version click 'Mais / More' 
“O seu coração e o coração da Terra estão conectados. O coração da Terra pode ser influenciado pelo seu coração, e vice-versa. É por isso que é essencial que as batidas do seu coração se sincronizem com a ressonância da Terra. Isso significa que o seu coração deve florescer. E o seu coração vai florescer quando você descobrir o amor nos seus relacionamentos. Se você descobrir o amor, você vai parar de julgar internamente os seus pais, companheiros, etc. Ninguém pode ser julgado, pois o Universo inteiro influencia diretamente todos os eventos, mesmo o comportamento das pessoas. Então aprenda a experienciar a vida. A vida deve ser experienciada, seja dor ou prazer." (Sri Bhagavan, postado por Chaturika Prakash, Grupo Facebook ‘Oneness Transcriptions’)

05 agosto 2012

O que há é apenas Amor

For english version click 'Mais / More'... 
“Você deve entender que quando dizemos ‘Eu sou Amor’, não é que você esteja experienciando Amor. O que há é apenas Amor. Não há um você para estar experienciando Amor. Você é Amor. O que há é só Amor, um Amor que é muito diferente do amor que você conhece. Este Amor não é posse, não é apego, não é fazer uso do outro. Esse Amor é incondicional. É algo que o pensamento não pode tocar. É algo que a mente não pode compreender. Só quando chegar lá você vai saber o que é. E quando chegar lá, você vai saber que é algo que não pode ser verbalizado.” (Sri Bhagavan, em 2 de maio de 2010)